VOCÊ SABE COMO FUNCIONA A GRADUAÇÃO EM DIREITOS NOS ESTADOS UNIDOS?

​por: Perfil – Formação Internacional

     Primeiramente é preciso ressaltar que Direito não é uma faculdade nos EUA, mas sim uma pós-graduação. Isso significa que um estudante que deseja ser advogado precisa primeiro fazer uma faculdade em alguma outra área e só depois tentar o ingresso nas Law SchoolsNa maior parte dos casos, os futuros advogados acabam se formando em áreas similares ao Direito, como Política ou Sociologia, mas isso não é regra – é comum alunos de cursos como Matemática ou Computação decidirem tentar o estudo do Direito após formados. Aliás, a possibilidade de experimentar outros campos de conhecimento é exatamente o que atrai alunos internacionais aspirantes ao Direito para universidades americanas. Contudo, é importante mencionar que espera-se que os candidatos a Law Schools tenham feito algumas matérias introdutórias à filosofia, à gramática e às ciências sociais ainda durante a graduação. 

 

       Passado o período de faculdade, o futuro advogado precisa se submeter a processos de aplicação para as Law Schools. Em geral, essas seleções se baseiam nas notas durante a graduação, histórico envolvimento em programas de justiça social e voluntariado, demonstração clara de liderança, habilidade com pesquisas e desempenho em entrevistas. Além disso, o resultado do Law School Admission Test – o LSAT é fortemente levado em consideração  pela universidades. O LSAT é uma prova padronizada e aprovada pela American Bar Association (uma espécie de OAB americana) que avalia as habilidades de raciocínio lógico, compreensão e escrita dos alunos. No Brasil, o LSAT pode ser feito no Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília e as inscrições podem ser realizadas através do link https://www.lsac.org/lsat/lsat-dates-deadlines-score-release-dates/registering-lsat.

 

       Uma vez na Law School, o estudante leva de três a quatro anos para receber o diploma – o que significa, no total, uma média de oito anos para um aluno que acabou de sair do Ensino Médio se formar advogado. O currículo geral durante o primeiro ano de estudos inclui Direito Constitucional, Civil e Penal, além do tradicional uso do método socrático em que o professor sorteia alunos para responder perguntas perante a classe, gerando grande ansiedade entre os discentes. Nos anos seguintes, os alunos são livres para escolher as matérias que desejam cursar, bem como os professores com quem desejam trabalhar nos projetos obrigatórios de pesquisa.  Ao final do programa, o estudante recebe um diploma de juris doctor – JD,  porém só pode advogar após ser aprovado nos bar exams – a versão americana dos exames da Ordem.

Gostou? Compartilhe nas Redes Sociais!

Congrega estudantes, professores e profissionais com intuito de desenvolver e aperfeiçoar as pesquisas e divulgação do Direito Internacional e das Relações Internacionais. A plataforma engloba publicações no formato de blog, podcast e  periódico técnico-científico.
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
Receba nossas notícias 
Inscreva-se e receba as novidades, projetos e processos de seleção da Plataforma.

Todos os Direitos Reservados: © 2019 Direito Internacional sem Fronteiras

O conteúdo deste site é protegido pelas normas de propriedade intelectual. A reprodução parcial ou total, por qualquer meio ou mídia, sem autorização prévia do autor, é expressamente proibida.